Publicado em 2 comentários

Casa da Caldeira – Agroturismo e Horta Biológica

Fomos conhecer a Casa da Caldeira, um alojamento local em Correias, Rio Maior.  Um espaço dedicado ao agroturismo,  onde tem uma horta biológica que fornece os mercados da Agrobio. Quartas feiras na Fonte Luminosa, Alameda D. Afonso Henriques em Lisboa, e aos sábados em Carcavelos e em Algés. 

Foi num desses mercados que os conhecemos e que fizemos parceria para a nossa Bago. E que melhor decisão poderíamos ter tomado! As frutas e legumes são maravilhosas e não são todas iguais, o que nos assusta bastante quando vamos ao supermercado. 

Vírgilio Pestana,  o  nosso produtor, trabalha apenas os produtos na sua época, o que intensifica o seu sabor e o valor nutricional. Por aqui vamos mostrar algumas fotografias daquilo que vimos e ficamos encantados 🙂

Digamos que foi uma tarde espetacular. Vírgilio Pestana é um excelente contador de histórias, super engraçado e super apaixonado pelos seus terrenos, árvores, animais e legumes. Cada recanto têm uma história e beleza. E é uma pessoa com bastante formação, em que aplica os melhores processos de agricultura em modo de produção biológico, devidamente certificada como tal. 

Para quem quer paz e sossego, não deixe de passar uns dias na Casa da Caldeira. 

Site aqui

Airbnb aqui

Redes aqui

Legumes e frutas na nossa Bago 🙂

Publicado em Deixe um comentário

Biodegradável, Reciclável ou Compostável, sabe a diferença?

Biodegradável é quando algo se decompõe naturalmente por micro-organismos. Por norma biodegradável é algo que se decompõe num espaço curto de tempo. Exemplo: papel.

Compostável, é a transformação de matéria orgânica em fertilizante. Exemplo: restos de comida.

Reciclável , estamos mais familiarizados, é a conversão de um material em outro. Por norma nunca fica com as mesmas propriedades mas conseguimos que faça o mesmo efeito ou outros efeitos interessantes. Exemplo: embalagem de plástico.

São todos processos diferentes, mas todos com um peso enorme no nosso ambiente. Cabe a nós fazer escolhas conscientes e aprender que podemos reutilizar, aquilo que temos em casa, vezes e vezes sem conta mesmo que não seja para o mesmo efeito. O céu é o limite 🙂

 

Publicado em Deixe um comentário

Dia internacional do brincar e montes de ideias giras

Brincar não tem de ser dispendioso. Além de ser fácil de construir brinquedos com coisas que temos em casa, podemos dar uma segunda vida a coisas que são facilmente reutilizáveis. 

Papeis, cartão, caixa de ovos, tubos de papel higiéncio, latas, tantas opções…


É tão mais divertido construir algo com os mais pequenos, ver o processo de criar algo e depois brincar até mais não.


Hoje em dia com a Pinterest é possível ir buscar inúmeras brincadeiras divertidas. Apenas é preciso de um bocadinho de paciência e pôr mãos à obra.


Se precisarem de cartão, podem sempre passar pela Bago que nós temos imenso para dar. 


Feliz dia internacional do brincar 🙂

Publicado em Deixe um comentário

Ervas aromáticas: como conservar

Ervas aromáticas são um ótimo aliado na confeção de qualquer receita. Os pratos ganham vida!

Mas são muito sensíveis, pelo que não aguentam frescas muito tempo. Por esse motivo decidimos partilhar aqui como conservá-las por mais tempo.

 

1ª Forma: lavar muito bem as ervas e dispor em papel absorvente sem sobrepor umas em cima das outras. De seguida, enrolar o papel e as ervas de forma a ficar um rolinho. No final basta apenas salpicar o papel com água de forma a ficar húmido e colocar no frigorífico. Resulta também muito bem com um pano de algodão molhado.

 

2ª Forma: colocar num copo de vidro no frigorifico.

 

3ª Forma: virar de cabeça para baixo e colocar num local seco e escuro para deixar secar.

 

4ª Forma: ferver um pouco de azeite, com algumas ervas e um dente de alho. Fica um ótimo azeite aromatizado para as suas receitas 🙂

 

5ª Forma: colocar as folhas em várias cuvetes de gelo, preencher com azeite e levar ao congelador. Sempre que for cozinhar retirar um cubinho e usar nas suas receitas .

 

O que interessa é não deixar estragar. Tem mais ideias? Partilhe connosco ! 

Publicado em Deixe um comentário

Borras de café: lixo não!

Muitos de nós mandamos-as fora, mas e se lhe déssemos outra vida?

As borras de café podem ser usadas de diversas formas:
- Fertilizante: 100g de borra + 1 litro de água, pode borrifar a terra. Além de fertilizante é um bom repelente de insetos
- Neutralizador de odores: basta deixar secar as borras ao sol, e depois colocar numa taça dentro do frigorifico, acabam-se logo os maus odores 🙂
- Esfoliante e redutor de celulite: misturar um pouco de borra com óleo de côco e usar como se usa um esfoliante normal
- Estimulador natural de crescimento de cabelo: aplicar no couro cabeludo, até duas vezes por semana, massajar e lavar o cabelo
- Compostagem: ajuda a amenizar o cheiro quando colocado no compostor

Conhece outras aplicações? Conte-nos tudo!

Publicado em Deixe um comentário

Um dia da mãe mais ecológico

Este domingo é dia da mãe!

 

Mãe há só uma e nada como mimá-la neste dia tão especial. Nesta altura várias superfícies comerciais apelam ao consumismo, e muitas vezes, compramos coisas que não são assim tão uteis.

Aqui deixamos umas sugestões para celebrar o dia da mãe de forma mais ecológica.

  • Oferecer experiencias ou jantares
  • Fazer uma caminhada
  • Conhecer novos lugares extraordinários que existem no nosso lindo país
  • Cozinhar em conjunto
  • No caso de crianças, reutilizar cartão e fazer construções e pinturas.
  • Criar um vídeo com fotos ou com mensagens bonitas
  • Fazer um piquenique
  • Criar uma horta em conjunto
  • Passar uma manhã num eco spa 
  • Passar o fim de semana num hotel sustentável
 
Se quiser mesmo oferecer um presente, ofereça produtos ecológicos e sustentáveis. Ou algo que sabe que a sua mãe vai mesmo utilizar, vezes e vezes sem conta ou pode oferecer plantas, plantas são vida!
 
Temos algumas opções em loja e online. Não hesite em visitar-nos ou contactar-nos 🙂
Publicado em Deixe um comentário

Granola – Receita Base

Fica aqui uma receita base que dá cerca de 1kg de granola para preparar-mos o pequeno almoço de uma semana agitada! Depois é só ir fazendo as variações de fruta ao gosto.

Começamos por pré aquecer o forno a 160ºC e forrar o tabuleiro com papel vegetal.
Num tacho aquecer em lume brando, 90g de óleo de côco com 160ml de geleia de arroz até derreterem. Retirar a panela do lume e juntar raspa de uma laranja e um fio de sumo da mesma, acrescentar 4 colheres de chá de canela em pó e mexer bem.
Numa taça à parte, juntar 400g de flocos grossos de aveia, 70g sementes de girassol, 50g de sementes de abóbora, 40g de sementes de papoila, 40g de amêndoa sem pele e 40g de nozes. Depois de bem misturado, verter a mistura do óleo e o xarope e misturar novamente.
Espalhar a mistura uniformemente no tabuleiro e levar ao forno 45 minutos sem nunca esquecer de ir mexendo.
Decorrido esse tempo, retirar do forno, deixar arrefecer e misturar 100g de sultanas.
Guardar num recipiente hermético, quando estiver bem fria e deliciar-se todas as manhãs 🙂

Publicado em Deixe um comentário

Zero waste e ginásio

Para sermos zero waste ás vezes torna-se complicado, porque o plástico está presente em muitas situações da vida. Se pararmos e pensarmos em todos os pormenores desde o momento que acordamos até ao fim da noite e formos a contabilizar todos os passos que demos, deparamo-nos com imensas situações em que arranjar alternativas nem sempre em fácil. A melhor atitude é descomplicar! Se não somos zero waste, somos low waste e é bem melhor que qualquer pessoa que não pensa minimamente no nosso planeta. Porque todos os baguinhos contam. Uma pequena atitude vezes 10 pessoas, são 10 atitudes. E todos contribuímos para um mundo melhor.

Por falar em situações e exercício.. Venho hoje aqui falar-vos de uma situação que me incomodava bastante. Mas, antes de mais, olá! Sou a Tânia, a pessoa por detrás do projeto Bago 🙂 E decidi que, como sou envergonhada para aparecer nas redes sociais, irei tornar este canto mais pessoal. Porque uma marca não é apenas institucional. Uma marca é um rosto de uma pessoa normal, que também tem problemas normais e nem sempre é a pessoa mais correta no tema Zero Waste. Que quer que as pessoas percebam que nem sempre conseguimos ser 100% zero waste mas que podemos todos contribuir para que sejamos 100% autênticos sem deixar de sermos ecologicamente mais conscientes.

Zero waste e ginásio – agora sem mais delongas

 

  • Garrafa de água reutilizável: enchemos em casa, no wc ou na fonte que alguns ginásios têm.
  • Roupa desportiva: a mais confortável que temos em casa. Não precisa de ser o último modelo das prateleiras.
  • Sapatilhas: umas versáteis para todos os desportos.
  • Toalhas: umas de casa que já não têm conjunto.
  • Champô e amaciador: sólidos sempre! Duram mais e são 0 plástico.
  • Gel de banho: não! Um sabonete mãos e corpo serve perfeitamente.
  • Creme de corpo: embalagem ecológica e com possibilidade de reencher.
  • Desodorizante: sempre que possível caseiro. Quando não há tempo, usar um com embalagem ecológica. Como é o caso da PitPutty
  • Snacks: barrinhas de cereais feitas em casa ou  compradas a granel, frutos secos, ovos cozidos ou fruta. 

 

E a vossa rotina no ginásio como é?

Querem mais posts deste género?

Publicado em Deixe um comentário

Somos uns Chatos!!

Chatos com as embalagens! Quando os novos parceiros se enganam e enviam pacotes individuais em vez das sacas grandes somos chatos e explicamos o porque de não fazer sentido este tipo de embalamento para nós.

Mas também temos fornecedores fantásticos que nos enviam os pedidos em caixas reutilizadas, com papeis de catálogos ou de embrulho reciclados lá dentro.

Aquelas caixas que conseguimos devolver, acumulamos aqui para devolver ao fornecedor e ele retoma a utilizar. Esteticamente às vezes não é bonito mas temos de ver o lado prático e ecológico. Queremos reduzir o impacto ambiental que temos.

Sim, o cartão é uma opção mais ecológica, mas não deixa de ser um recurso. Se podemos evitar a produção de novo, evitaremos.

Naquilo que não temos opção de vender a granel, fazemos o máximo para que venha embalado em papel. E estamos sempre à procura de alternativas.

Este é um trabalho continuo, um compromisso para todos os dias. Queremos ser mais e melhor. E sim, continuaremos a ser uns chatos.

Publicado em Deixe um comentário

A nossa visão e missão de 2021

2020 foi um ano atípico, um ano que nos fez repensar nos verdadeiros valores e no que realmente importa. Foi também um ano que fez quebrar a economia e colocar muitas famílias em dificuldades.

A nossa Bago é um projeto muito pessoal onde nos preocupamos com todos os detalhes. Adoramos trabalhar com pequenos parceiros portugueses e trazer o melhor de cada um até aos nossos clientes. Ás vezes é difícil! Os preços nem sempre são simpáticos nós, o que faria com que ficasse muito caro para os nossos clientes. E por esse motivo, ainda nem todos os nossos produtos são portugueses.

2021 vai ser um ano de transição, procura e pesquisa. Queremos trabalhar com maioritariamente empresas e produtores portugueses. Ajudar os nossos a crescerem e manterem-se perante esta adversidade que temos deparado nos últimos tempos.

Portanto, produtores, empresas e queridos clientes, estamos à procura de novos parceiros portugueses, certificados e cheios de boa energia.

É a nossa visão e missão de 2021.

Sejam felizes. Mantenham-se seguros.

 

 

Bago a Bago vamos mudar o mundo!